Dois anos de blog

Dias atrás, fazem dois anos que comecei esse blogue (clica aqui pra ler o que eu queria com ele). Lembro que era um antigo desejo meu, ter um espaço com mais cara de site, mais profissional no layout, onde eu me dedicasse mais ao exercício da escrita.

Cometi alguns erros de “conceito”, no entanto; acabei engessando demais o que deveria e poderia escrever aqui, ao invés de pensar no que eu queria escrever. Com medo de me expor demais, com medo de só escrever irrelevâncias, entrei num ciclo infindável de listinhas, receitas, tudo tinha que ter funcionalidade.

Mas o que eu mais gosto no blogue dos outros, é ver a pessoa que aparece ali, naquelas poucas linhas. As miudezas que se emergem sem que a gente se dê conta.

Não faço a menor ideia de quem lê isso aqui. Muito provavelmente, ninguém (ou quase isso). Ao invés de ficar presa por isso, deveria me sentir mais livre. E é o que eu pretendo que aconteça daqui pra frente!

Paguei o domínio de novo, e o registro. Sinceramente, nem sei mais se gosto do nome que dei. É lógico que feito é sim melhor que perfeito, mas sinto que escrevi sobre isso, inicialmente, querendo “incentivar” as pessoas a isso.

Mas quem sou eu pra incentivar o outro? Se eu mesma passo tanto do meu tempo idealizando as coisas perfeitas, que raramente alcancei? Que faço tão menos do que penso em fazer?

Com esse espírito, começa um “novo” ciclo aqui. De mais experimentos e de ver o que quero falar, esperando que alguém goste de ler – além de mim. Mas eu mesma, quero gostar de ler e me enxergar aqui.

Pra comemorar, vou deixar linkado os meus textos prediletos dessa primeira fase. Aqueles que, ainda sinto, representam de mim e minhas coisas, que são tantas:

Arquétipo animus – amei falar sobre esse tema, quando minha então psicoterapeuta me apresentou a esse conceito junguiano;

essa postagem foi quando tentei começar a meditar diariamente. Spoiler: até hoje isso não aconteceu, mas eu aprendi um pouco mais sobre o que se passa aqui dentro da minha cabeça;

eu amo San Telmo, e assim que voltei de lá, em junho de 2019, falei a respeito de como estavam as coisas;

também acho incrível essa receita de babaganush. Eu realmente acredito que o resultado é muito acima do trabalho que dá pra fazer;

quando fui escrota com uma pessoa, como há muito tempo não acontecia. Até hoje me arrependo de não pensar melhor antes de sair falando;

 

Que venham os próximos 3 anos!

2 comentários em “Dois anos de blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s