Bolo de carne moída da minha mãe

Esse prato existe na minha vida há mais tempo do que me lembro. Gosto tanto, que foi inclusive o que eu pedi para minha mãe me fazer, no almoço de domingo de despedida antes de me mudar para Florianópolis há 14 anos atrás.

Por alguma razão, eu me esqueci dele. Aí, alguém postou no instagram uma receita parecida, porém notoriamente inferior, temperado com catchup. Uma tragédia.

Resolvi fazer o meu próprio, mas com adaptações, pois a receita dela envolvia temperar com um pacote de sopa de cebola em pó. Adivinhei, certeiramente, que poderia só colocar muito curry e cebola picada, que o efeito seria parecido.

O sabor ficou aceitável, mas a textura deu errado e o bolo rachou. Aí, me consultei com a dona da receita e relembrei dois detalhes fundamentais e que haviam me escapado na primeira tentativa: a inclusão de um ovo para dar liga, e os salpicos de manteiga por cima do bolo.

Agora a receita está redondinha e é uma delícia, saborosa que só. As crianças amam!

BOLO DE CARNE MOÍDA RECHEADO

1kg de carne moída (não importa o corte)

1 ovo cru e 3 ovos cozidos

1 cebola picada em cubos minúsculos

1/3 de xícara de farinha de mandioca

2 colheres de sopa de molho inglês

sal, cominho e curry a gosto

1/2 tablete de manteiga gelada, cortada em cubinhos

MODO DE PREPARO

Pré-aqueça o forno a 180•C.

Numa bacia grande, coloque a carne, o ovo, os temperos e a cebola picada. Misture tudo muito bem para o tempero ficar distribuído por igual. Depois, polvilhe a farinha e vá pouco a pouco dando o ponto de uma massa moldável (não vai ficar muito firme, mas é possível moldar).

Coloque numa assadeira forrada de papel alumínio e untada, mais ou menos 2/3 da carne. Crie um retângulo comprido, mais ou menos como um rocambole. Molde o espaço dos 3 ovinhos cozidos, afundando com a mão. Coloque os 3 ovos deitados.

Com a carne que restou, termine de cobrir os ovos e as duas pontas. Modele bem, vá dando “tapinhas” até deixar tudo no lugar. Por cima de todo o bolo, coloque quadradinhos de manteiga gelada.

Asse assim mesmo, descoberto, por 40min. Para fatiar mais reto, eu sempre começo do meio em direção às pontas. Frio no dia seguinte é uma delícia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s