6 refeições a partir de R$10,99

Na quinta-feira passada, encontrei um pacote de coxas de frango orgânicas, da Korin, por R$10,99 no supermercado – continha 1kg. Como sou uma entusiasta da alimentação orgânica, tudo o que posso pagar, compro nessa versão.

Ao total, eram 8 coxinhas de frango dentro do pacote. Separei as primeiras 4, temperei com sal, cominho e páprica defumada, e deixei na geladeira para marinar.

As outras 4, fazia vários dias que eu queria preparar galinha ensopada, um prato simplório e frugal, mas que cheira muito bem. Tenho uma vizinha que o prepara com regularidade, e o cheiro é inebriante. Temperei-as com sal, e mãos à obra: refoguei em azeite com cebola picada, adicionei água quente, quando secou adicionei alho e vinho branco, depois mais água, no final, um pouquinho de molho de tomate. Comemos com polenta.

No dia seguinte, como ainda tinha uma para cada um, mas eu estava sozinha em casa, reaqueci o molho, cozinhei mandiocas na água fervente, amassei com manteiga e sal no garfo, e comi mais uma.

E no almoço do dia seguinte, estando sozinha em casa, aqueci novamente aquela última coxinha, peguei duas fatias de pão sem glúten, uma passadela de mostarda de dijon e o franguinho desossado. Coroei de cebolinhas verdes, e foi o meu almoço.

IMG_4826

Os 4 ossinhos, coloquei na mesma panela, cobri de água e cozinhei lentamente em fogo mínimo. Por horas. Acrescentei um ramo de alecrim e deixei que o fogo lento desprendesse o colágeno dos ossos e cartilagens, a gordura da pele formando poças na água. Ao final, tendo o conteúdo se reduzido a 1/5 do que era, coei e congelei. Saúde pura dentro de um potinho.

Naquela noite, coloquei as 4 coxinhas restantes numa assadeira com batatas e cenouras, assando por 1h30. No final do tempo, lembrei de uma receita da minha mãe, que colocava queijo ralado e suco de laranja no franguinho, e salpiquei o conteúdo de um queijo de pacotinho (para ser fiel ao original da década de 90), e reguei com o suco de um limão siciliano, bem docinho.

IMG_4836
Ainda preciso aprimorar a questão da crostinha, ficou meio farofenta demais.

Os 4 ossinhos, novamente, foram para a panela virar caldo. Esse foi feito mais rapidamente, assim, eu poderia utilizá-lo no mesmo momento. Fervido e reduzido em fogo médio, virou a água do cozimento de um arroz no almoço de domingo, colorido e nutritivo, extremamente saboroso.

IMG_4891
O arroz justamente não ficou tão branquinho, porque usamos o caldo de galinha para fazê-lo

Tudo o que desprendeu dos ossos e que fosse mastigável, virou ainda um brinde gratuito para o meu filhotinho, apaixonado por frango e que vive enfurnado comigo na cozinha, querendo farejar o chão, ganhar uns pedacinhos do preparo. Complementei a ração dele, que não é o ideal, mas é sempre enriquecida com cortes de carne (mas nunca de porco, que lhe faz mal), e não é transgênica.

IMG_4890
Por cima desse tanto, faço um “escondidinho” com mais ração, e ele caça comendo os franguinhos cozidos

CALDO DE GALINHA

Ossos, cartilagens e pele de frango assado (não jogue fora os ossos do próximo churrasco ou galeto de domingo)!

1 ramo de alecrim e 1 folha de louro (ou as ervas secas de que gostar mais)

água quente o suficiente para cobrir

MODO DE PREPARO

Mais fácil, impossível: use uma panela grande, de fundo grosso, que seja ou bem alta, ou bem larga. Encha-a de água quente (ou tampe e espere aquecer). Coloque os ossinhos e deixe cozinhar lentamente, em fogo mínimo, durante o máximo de tempo possível. Até a água reduzir pelo menos à metade, não adicione temperos e nem destape a panela.

O cozimento lento é o que vai fazer com que as proteínas e gorduras vão se desprendendo dos ossos e cartilagens.

Da segunda metade em diante, destampe a panela, e quando estiver reduzido a cerca de 1/4 de água, você decide se quer ainda continuar cozinhando, para ter uma versão concentrada, reduzida e cheia de colágeno, ou se já quer parar por ali.

Quando desligar o fogo, adicione os temperos que escolheu. Não coloque antes, se não vão amargar o seu caldo. Deixe por uns 10min, depois retire. Deixe esfriar naturalmente, não acelere. Nesse processo, o caldo continua a se fazer por um bom tempo ainda.

Tenha paciência. Faça isso para um outro dia, enquanto está cuidando de outras coisas em casa.

Quando estiver frio, coe e reserve em potes. Congele, se não for usar em 1 ou 2 dias. Se for usar, pode deixar na geladeira.

Um comentário em “6 refeições a partir de R$10,99

  1. Então, eu só tempero meu frango com alho e limão. Quando a panela é de teflon, eu douro açucar (bem pouquinho para não adoçar a comida) e coloco o franco para cozinhar al com fogo baixo.. Ele fica douradinho.
    É uma pena que ainda não dê para mandar marmitas pelo correios, senão eu te mandaria meu frango com batata e ervilha. Delícia!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s