Receita – carne de panela

IMG_5278

Essa é uma receita que não aparece com muita frequência aqui em casa, e a razão é que o seu gosto forte, bem cheio de personalidade, me cai pesado. Mas de tempos em tempos, sinto uma urgência terrível por comer essa comida bem substanciosa e com bastante gordura, e sempre obedeço.

Penso que o nosso corpo pede pelo que necessita, principalmente em assuntos de proteína animal. Se você chega a aguar de vontade de um pouco de carne vermelha, principalmente os cortes considerados menos nobres, pode ser um desejo fisiológico.

Na dúvida, eu atendo.

O legal desse tipo de preparo é que ele é muito saciante, pelo seu alto valor nutritivo: os cortes usados, em geral têm mais gordura, que é muito importante para nós. Com muito alho, cúrcuma e pimenta, se torna mais digestivo, e polvilhado de muita salsinha fresca, fica ainda mais interessante.

Outra vantagem é a praticidade: se você escolher um corte maior, de 800g por exemplo, terá muitas refeições garantidas. Da última vez, levei 3 almoços e 2 jantares para consumir tudo (somos em 2 adultos bem carnívoros!). E por ser feita na panela de pressão, quase nem exige monitoramento.

O sabor é de comidinha da vovó. Não tem como, fica aquele gostinho rústico, complexo, simples e muito reconfortante. Meu pai gosta muito de fazer carnes de panela, inclusive – considerando que ontem foi Dia dos Pais, talvez tenha sido mais do que um acaso compartilhar essa receita.

Os acompanhamentos podem ser vários: uma massinha, uma polenta, um arroz branco bem soltinho. Os que aderem a estilos de alimentação como paleo e lowcarb, podem acompanhar de batatas (doce ou inglesa), purê de couve-flor, um vinagrete com farofa. É só legal que tenha algo para absorver o caldinho que solta, uma verdadeira delícia!

CARNE DE PANELA DE PRESSÃO

 

1 peça de músculo, paleta ou se o preço estiver atrativo, maminha (entre 600-800g)

1 cebola cortada em quartos

2 dentes de alho descascados

1 fio de azeite de oliva

sal, cominho, cúrcuma e pimenta do reino a gosto

salsinha fresca picada (para finalizar)

Modo de preparo

Com a panela ainda aberta, coloque o fio de azeite de oliva, deite a carne por cima. Com o fogo alto, você deixa selar por todos os lados, coisa de 5min no máximo.

Acrescente os temperos (eu não tempero a peça de carne, mas você pode).

Coloque a cebola meio “enfiadinha” entre os espaços que a carne deixar. Alguns pedaços tocarão a panela, outros não – e não tem problema, a cebola irá derreter.

Feche e deixe pegar a pressão. Deixe por cerca de 15min, então abra.

Adicione o alho, se achar que está secando, um pouco de água (menos de 1 xícara) – mas provavelmente ainda não será necessário.

Feche novamente, e cozinhe por mais 5min no máximo, e abra novamente a panela.

Está pronta! Retire da panela e deixe descansar numa tábua por pelo menos 5min. Essa etapa é fundamental para a carne não ficar seca.

Agora é só fatiar e servir. Pode colocar o caldinho que ficou no fundo, ou aproveitar como base para outro molho futuro.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s