Resumo do mês de junho

Olha, junho tem tudo para ter sido o melhor mês do ano: estava de férias, de aniversário, e fiz tudo o que eu mais gosto nessa vida!

Trabalhei somente na primeira semana de junho, e intercalando com os preparativos para viajar. Era uma mala de frio, outra de calor, mais as coisas que meus pais iam pedindo para levar de SC para o apartamento deles em SP. Foi um caos total.

Mas uma coisa muito legal, que tirei de resolução em final de maio, foi de não comprar mais nada de comida. A ideia era terminar o que ainda tínhamos em casa, e me vi duas semanas sem ovo (item super mandatário do nosso cronograma alimentar que já mostrei aqui), e nos viramos muito bem.

Dia 7 de junho, saí do trabalho, cheguei em casa, passei um pano no chão e comecei a juntar todas as minhas coisas. Fui à academia, dei um último treino, e iniciamos a viagem, com a primeira parada em Balneário Camboriú – para dormir e para já estar mais próximos do destino seguinte.

Na manhã seguinte, uma passada no sítio, para pegar mais alguns itens que meus pais haviam pedido, e paramos em Joinville, minha cidade natal. Levamos o Bibi para se consultar no veterinário onde ele vai desde sempre, e descobrimos que infelizmente, o olhinho direito também começou com a catarata.

Nesse meio-tempo, visitei meu Tio, que está internado numa casa de repouso. Foi muito bom, ele me reconheceu em alguns momentos, conversamos e demos as mãos!

A próxima parada era Curitiba. Show do Jorge Drexler, meu crush uruguaio. O espetáculo Silente era um show super intimista, feito para (nas palavras de Jorge) degustarmos o som como se fosse um vinho. Eu ainda não conhecia o Teatro Guaíra e fiquei encantada com a beleza do teatro e a acústica do lugar.

A próxima parada… São Paulo, na casa de meus pais. Só chegamos, arrumamos as malas e partimos para Buenos Aires no dia seguinte, onde ficamos uma semana. Tanto eu como o boy já conhecíamos Buenos e foi uma escolha bem acertada, ao fim, porque assim pudemos fazer a viagem sem pressão. Eu estava com medo do hotel, mas o nosso quarto era bem melhor do que a opção contratada, e foi maravilhoso ficar lá!

Uma semana depois, aterrissados em São Paulo, aproveitamos para passear um pouco por lá. Conhecemos Embu das Artes, que eu amei, e fizemos os passeios paulistanos mais clássicos.

No domingo, embarcamos para Cabo Frio, onde passaríamos 4 dias conhecendo a região e mergulhando em Arraial. O plano era ainda conhecer Búzios, mas acabamos não indo: nos apaixonamos tanto por Arraial e pelo nosso hotel maravilhoso em Cabo Frio, que não deu nem tempo de fazer tudo o que queríamos.

Chegando de volta a São Paulo, já era véspera de meu aniversário. Comemoramos praticamente o dia inteiro, passeando, saindo para jantar, assistindo uma apresentação de tango, e ainda ganhei uma festinha surpresa muito fofa no final do dia!

Tirando essa maratona toda de viagens (que foram todas muito boas), nesse mês eu ainda revisei muito o que quero fazer no próximo semestre (que começou ontem). Principalmente, decisões relacionadas à minha saúde e bem-estar, que continuam sendo uma preocupação, ainda que já esteja muito melhor.

Foi um mês em que pude dormir bastante, sem nenhuma ajuda de medicação, o que é uma baita vitória. O sol de Arraial e as suas águas azuis me cicatrizaram, me inspiraram e foram fundamentais para reenergizar a mente. Ainda tão importante quanto, encontrei muitas amigas, pessoas queridas, e isso foi renovador. Deixei a tecnologia de lado, e me dediquei ao contato em tempo real com as pessoas que amo.

Pela primeira vez, fizemos uma experiência de contratar uma profissional para as nossas fotos de viagem, e ela arrasou. Hoje ainda terminei de escolher as que vão ser tratadas.

Outra coisa super legal que experimentamos, foi aula de yoga, no prédio de minha mãe. Ela tem uma professora particular, super paciente, e a sensação ao final da aula é de muito relaxamento. Estou com isso no radar, alguém que possa fazer isso aqui pela gente.

As leituras e os filmes estão basicamente os mesmos. Não tive muito tempo de avançar nesse quesito, mas ainda bem!

Junho foi a pausa na rotina e a mudança de cenário que queria, e ainda sinto os seus efeitos.

🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s