Resumo do mês de maio

A Thais, do Vida Organizada, faz isso todos os meses há anos, e eu achei uma ideia sensacional. Vou tentar implementar, ver se consigo revisar meu mês de uma maneira bem simples, e que no futuro eu possa ter uma recordação bacana de ler.

Maio é sempre um mês que considero gostoso, porque o outono está no início e ainda é quentinho, com as noites mais frescas. Também é o mês que tem o dia das mães, e há muito tempo atrás eu tomei uma decisão, de escolher minhas batalhas. Existe uma data comercial, existe uma pressão, mas eu gosto de pensar que, assim, tenho um dia já separado para me dedicar à minha mãe.

Também é aniversário da minha tia preferida, no dia 10. Então já é sabido que o mês vai ser cheio de celebrações.

Esse ano, com meus pais morando em São Paulo, passei o final de semana lá. Foram dias muito bons, com sol e temperatura ainda bem quente, em que passeamos pelo entorno de onde eles moram e trabalham (bem pertinho da Paulista). Almoçamos num rooftop novo, gostamos muito do local.

4f12844f-fc48-4384-9cd6-539f3611ce2a
Comendo feijoada e tomando um chopinho no sábado!

Infelizmente, em maio eu tive diversas intercorrências: passei doente algumas semanas, e somente hoje, começo a me sentir restabelecida. Tive uma crise grave de sinusite, que só melhorou com antibióticos, e os antibióticos por sua vez, dispararam minha herpes. Tive também uma oscilação com meu antidepressivo, que contei neste post. Tudo isso minou minhas energias, foi preciso descansar MUITO. Quando digo muito, foi muito mesmo.

Passei a maior parte dos finais de semana dormindo bastante, lendo, usei todo o tempo livre de que dispunha me recolhendo. Foi fundamental, e me ajudou a manter centrada no que precisava fazer, e no que queria fazer.

E isso já tem surtido resultados: me investiguei, me conheci, aprofundei muitas reflexões e questionamentos. Meditei, me concentrei no presente, analisei meus sentimentos e emoções. Tem sido um processo transformador e purificante. Percebo minha mente bem menos sobrecarregada, o que deve possivelmente impactar a médio/longo prazo na minha depressão.

IMG_4986

Eu estava lutando com uns problemas de ordem hormonal também. Dei muita atenção a isso, e as coisas estão gradativamente entrando nos eixos. Não fiz nenhuma intervenção medicamentosa ou hormonal ainda, só me concentrei no que posso fazer para ajudar (bons hábitos e cabeça tranquila), e já foi brutal o resultado.

Tenho me dedicado muito a organizar meus hábitos, meus pensamentos e meus sentimentos. E isso demanda tempo e disposição.

Aproveitei também o mês de maio para pegar as roupas de frio, guardadas numa mala, e trazer tudo para o armário. Vou viajar semana que vem, e preciso de roupas adequadas. Planejei muito direitinho o mês de férias, e está basicamente tudo encaminhado – reservas, passeios, malas.

Financeiramente, estou muito orgulhosa de mim mesma! Há vários meses, tenho me dedicado a gastar menos do que ganho, para poder planejar as coisas com antecedência, e isso tem sido totalmente verdade. Esse mês vamos gastar mais, mas estou muito tranquila, porque com antecedência fizemos o que era necessário. O próximo passo é colocar em prática os conhecimentos que tenho adquirido sobre investimentos.

No trabalho, foi um mês conturbado, com troca de chefias e oscilações. Mas me mantive muito firme, e tive que ser muito forte, me posicionar e em alguns momentos, confrontar pessoas com posições equivocadas. Fiquei orgulhosa de mim mesma, porque me senti fortalecida e não cansada, por ter que fazer isso. Outra coisa sensacional, foi que mudei o meu horário de entrada – passei de 7h30 para 8h30, e isso tem sido excelente para a minha qualidade de sono (e de vida!). Sou outra pessoa por causa dessa horinha a mais em casa, de manhã.

Também estou há alguns meses trabalhando em paralelo como redatora freelancer. Esse mês o job engrenou, assinei contrato, estou trabalhando bastante nisso, e pegando mais o jeito de fazer.

Meus estudos da pós, ficaram aos trancos e barrancos. Preciso urgentemente colocar algumas leituras em dia, e até entregar uma prova atrasada. Mas com tanta coisa acontecendo, coloquei na balança o que era mais importante, e deixei isso para resolver mais tarde. “Mais tarde”, no caso, é agora.

Em casa, meu relacionamento tem sido também transformado. Coloquei como prioridade ficarmos bem, cuidarmos um do outro, porque estamos trabalhando demais. Estamos arcando com as nossas escolhas, e isso diminuiu muito o nosso tempo livre. Mas temos feito também muito esforço para ter tempo de qualidade, e está resultando em muito carinho, apoio, cumplicidade. Bibi também tem derretido corações, nesse friozinho ele fica mais carente, e dorme aninhadinho na gente. É muito amor numa casa só!

IMG_5319
Os amores da minha vida, tirando uma sonequinha sábado de manhã.

Tenho lido profusamente. Mas são várias não-ficções ao mesmo tempo, e vou alternando conforme o meu mood. Estou no momento em curso com o Mulheres que Correm com Lobos, Amigos da Mente, Michelle Obama (a biografia), O Sabor da Harmonia (sobre ayurveda), e Lua Vermelha (sobre o ciclo menstrual). Concluí o primeiro Harry Potter (gente, eu adorei!), A Riqueza da Vida Simples (Gustavo Cerbasi), e estou “reprisando” A Insustentável Leveza do Ser e Triste Fim de Policarpo Quaresma.

Não vi nenhum filme super digno de referência. Fomos ao cinema ver Vingadores, vimos mais algumas coisinhas no Netflix, e foi isso. Andei consumindo bastante youtube, que é minha rede social preferida de longe. Às vezes, queria ter também um canal no youtube, mas confesso que me sinto inútil, sem ver no que poderia contribuir.

Andei ressignificando algumas coisas sobre a internet e as redes sociais nesse mês, também. Dei uma violenta parada no uso, e me fez muito bem. Quero continuar me distanciando, porque meu tempo é escasso e precioso. Só que ao invés de simplesmente não usar, eu vi que funcionou melhor colocar outras atividades no lugar.

Maio foi um mês longo e intenso, em que viajei várias vezes, trabalhei feito uma condenada, estudei, produzi, li, cuidei de mim (principalmente), e na medida do possível, cuidei dos meus. Não fui uma boa amiga, nem tive condições de me socializar. Quero melhorar isso, no próximo período, que vou estar mais descansada e saudável (oremos).

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s