Estrogonofe de frango e palmito

Estrogonofe (de carne) foi a primeira coisa que aprendi a cozinhar, 16 anos atrás. Na realidade, eu ainda tinha no meu repertório um bolo de iogurte, retirado do site Tudo Gostoso, e o molho de cachorro quente da minha mãe.

Mas eu adorava estrogonofe, principalmente de carne – principalmente um servido num restaurante bem simples lá de Joinville (onde nasci e cresci) e ia sempre com a minha tia: a Rotisseria Romi (será que ainda existe?).

Por gostar muito, minha mãe me ajudava comprando um molho pronto, da Uncle Bens, e a carne já em tiras. Mas não tinha aquele gosto maravilhoso!

Uma amiga minha me disse que era só por creme de leite no picadinho. Ficou uma bosta. Outra me disse: estrogonofe é difícil, leva até conhaque, não é pra fazer em casa.

Mas eu fiquei obstinada, entrei no Google (uma coisa meio nova, em 2003), e depois de ler algumas receitas, fiz o meu primeiro. Não tinha conhaque em casa: certeza que troquei por uísque ou outra bebida alcoólica. Mas o resultado funcionou, o mecanismo era simples, e dali foi um abraço!

Fiz estrogonofe de carne, frango, e camarão até me fartar. Esse último, por sinal, servi uma vez num almoço de mais de 100 pessoas, primeira comunhão do filho de uma amiga, e num aniversário do meu pai para pelo menos 20, 30 pessoas. Anotei num papel para a mãe de uma amiga queridíssima, pois havia decorado a receita e as proporções.

Ontem me deu saudade de comer um estrogonofe e hoje, de postar receita pra vocês aqui, dileta audiência. Espero que alguém faça e goste, rende muito e é uma delicia!

Ontem fiz de frango, mas troque a proteína que quiser: carne, camarão, só de palmito (fresco), ou cogumelo (seco). Tem quem faça de pinhão descascado e cozido, acho que ruim não pode ficar. Nada muito molinho vai ser bom, no entanto, porque a textura desmancha no cozimento. Faça com um ingrediente mais firme, seja carne ou não.

ESTROGONOFE DE FRANGO (2 pessoas)

1/2 cebola picada em cubos

1 dente de alho picadinho

2 files de peito de frango

1 colher de sopa de molho inglês

1/2 xícara pequena de conhaque ou vodka ou uísque

1 colher de sopa de mostarda

3 colheres de sopa de catchup

1/2 potinho de creme de leite fresco (nata)

1/2 vidro de palmito em conserva, escorrido e picado

MODO DE PREPARO

Refogue a cebola, o alho e o frango em azeite. Quando o frango estiver branquinho e a cebola translúcida (cerca de 3min), adicione o conhaque ou bebida que escolheu. Mexa bem, até o álcool evaporar.

Adicione o molho inglês, e a mesma medida (xícara do conhaque), coloque de água. Raspe o fundo da panela, isso cria um caldo saboroso. Deixe ferver, abaixe o fogo e apure por uns 6-7min.

Nesse ponto, adicione a mostarda, a catchup, mexa tudo e tempere de sal e pimenta (a gosto). Sem parar de mexer, fogo no mínimo, coloque a nata ou creme de leite, e misture até dissolver tudo. Desligue o fogo.

Com o fogo já desligado, adicione os palmitos picados e mexa para misturar bem. Sirva com os acompanhamentos clássicos (arroz branco e batata palha) ou os da sua preferência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s