Comida indiana em Londres: minha experiência no Aladin, em Brick Lane

Depois de uma semana tipicamente londrina, com muita neblina, períodos de chuva fina e poucas aberturas, nasceu o nosso último sábado chovendo torrencialmente. Não eram nem 11h da manhã e já parecia ser noite, o desânimo era imenso, mas o tédio dentro do flat também.

Além disso, eu amava tanto aquela cidade, estava envolvida, namorando, me apaixonando por ela. A gente se conquistava a cada bairro, tão diferentes um do outro, a cada viagem de metrô cheia de gente tão diferente de mim, com os cachorros dentro dos vagões tão quietinhos. Imaginei meu cãozinho, um lambedor compulsivo e cheirador contumaz, indo em múltiplas canelas e sapatos farejar e lamber os passageiros. Tenho inúmeras vidas imaginárias se passando por cada canto de Londres, poderia passar horas só vivendo isso.

Então de posse de umas sombrinhas fuleiras da Primark, correndo de toldo em toldo, chegamos no Spitafields Market, passamos um frio desumano (pois apesar de coberto, é bem aberto), e depois de Covent Garden, me pareceu meio sem graça. Saímos andando, pela chuva, até chegar na próxima estação de metrô (spoiler: era uma caminhada eterna, com muita chuva).

Me deu aquela peninha de perceber que estava num lugar super lindo, maneiro, cheio de brechós, pequenas galerias de arte, lojas interessantes e não poder explorar direito, porque a chuva era demais. Parados numa esquina, a gente se entreolhou e decidiu que não ia embora ainda, mesmo com chuva.

Viramos meia-volta e começamos a percorrer de novo as ruas de Brick Lane e arredores, dessa vez já com um objetivo definido: íamos comer um curry indiano, objetivo já traçado desde o Brasil.

Haviam inúmeros indianos nos chamando a entrar em seus restaurantes, e superficialmente observamos que os preços eram basicamente os mesmos. Escolhemos um que nos pareceu mais bonitinho por dentro, tinha adesivo do tripadvisor na porta de vidro, e foi só.

O restaurante era aconchegante, quentinho, completamente opulento e cheio de estofados vermelhos, que naquele dia terrivelmente frio e chuvoso era o melhor lugar do mundo para se estar.

 

IMG_5053
Um dos currys – acho que o de frango.

Pedimos para começar um naam (pão indiano que lembra o pão pita, só que assado na hora), e o deles era imenso, tamanho de uma pizza, chegou na mesa quentinho, cheio de bolhas deliciosas. Acompanhado de quatro molhinhos diferentes, com gradações de pimenta.

IMG_5054
Nossa entradinha – esses pães estavam MUITO quentinhos e macios

Por já ter lido sobre o quão apimentadas eram as coisas, pegamos dois pratos considerados light pepper, um curry de peixe, e outro de frango. Ambos eram de molho vermelho, uma coincidência. Ambos eram totalmente diferentes entre si, não só na proteína, mas principalmente, nos condimentos escolhidos para o molho. Pedimos arroz de guarnição, para absorver o molhinho, e me arrependi: era melhor ter mandado mais naam junto, muito mais saboroso!

O total de nossa brincadeira foram quase 40 pounds, entre dois principais, duas guarnições e uma água com gás (grandona de 1,5l). Uma coisa que nós brasileiros não temos, é o imposto acrescido em separado dos itens que comemos, então lá, geralmente rolava aquela cara de surpresa quando na fatura final vinham outros valores. Eu confesso que não entendi completamente as taxas, sei que o VAT custa 20%, mas em outros lugares que achei que teriam, não tem, e em outros, tem outros impostos incidindo. Sempre bom se precaver.

O atendimento foi um caso à parte: pense em todos os indianos caricatos de filmes americanos, e era exatamente assim o nosso garçom: sotaque, adereço na cabeça, meio impaciente, uma figura. Adorei!

Cheguei a brincar com meu namorado que, quando a gente morar lá, vamos levar nossos amigos brasileiros para comer naquele restaurante. Agora já mudei de ideia: tem tantos numa mesma rua, que precisaria de muitas outras incursões antes de decidir qual é o meu predileto. 🙂

Agora mexendo nas fotos, achei essa divulgação do restaurante: junto da conta veio um pequeno chocolatinho com menta, bem gostoso. E entrei no site deles, muito bem-feito, se alguém quiser explorar para planejar suas refeições em Londres!

 

IMG_5056

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s