Café da manhã britânico (english breakfast)

Faz poucos dias que terminaram minhas lindas férias em Londres, cidade que visitei pela primeira vez – e na qual um dia ainda vou morar (prometo a mim e a vocês)!

Encantada por diversos aspectos da cidade, que pretendo desenrolar um pouco mais em outras postagens, não posso negar que estava muito ansiosa fazia tempo era pelas comidinhas: queria comer queijo cheddar de verdade, provar o queijo stilton pela primeira vez, aproveitar ser uma capital tão cosmopolita e comer coisas de outras partes do mundo…e provar o english breakfast.

Sei que ele divide opiniões, por ter mais cara de almoço do que café da manhã (quando pensamos no nosso), mas uma coisa real é que as nossas refeições tradicionais são uma mistura da disponibilidade local com os hábitos culturais. Como britânicos iam comer mamão no café da manhã? Ou tapioca? Importando a preço de ouro para chegar sem gosto de nada?

Eu particularmente não tenho problema algum com o café da manhã de nenhuma parte do mundo que fui, e estava bem ansiosa por esse, pois gosto de experimentar tudo que é típico e também para economizar (afinal, com isso saía bem cheinha).

Tomávamos sempre nosso café em casa, no flat coisa mais linda que usamos em Canary Wharf. E todas as noites, passava num TESCO (supermercado) para comprar um iogurte, um queijo e mais alguma coisa para a manhã seguinte. Meu irmão e cunhada, que já moraram em Londres, sempre compravam a latinha dos feijões Heinz, que compõe o english breakfast.

 

IMG_4091

Então num dia, comi os feijões com as salsichas de Cumberland, sobre as quais também havia lido, além do queijo Stilton (queijo azul estilo do gorgonzola, só que da cidade inglesa de Stilton, um pouco mais amargo, maravilhoso), com ovos na manteiga e me encantei! É realmente tudo muito gostoso, poderia facilmente se tornar o meu café da manhã de todos os dias!

E antes de vir embora para o Brasil, já de véspera, dormimos no Ibis lá próximo do aeroporto, e lá anunciava um café da manhã com tudo isso, até as 12h, por 10 libras. Como meu voo seria somente às 18h, propositalmente eu deixei para tomar este café às 11h, e comi (e repeti, não vou mentir) algumas vezes antes de ir embora – assim pulei o almoço e a necessidade de lanchar dentro do aeroporto, onde tudo costuma ser bem mais caro.

IMG_4475

E olha, valia muito a pena: além dos itens do english breakfast, tinham iogurtes (naturais dentro do pote de vidro, uma graça), frutas, guacamole, ovos mexidos, diversos queijos, cinnamon buns (rolinhos deliciosos assados, com gostinho de canela) e pães, lógico – pães estes que achei bem gostosos, mas também fui a Paris e quanto a isso, fiquei exigente.

Em diversos estabelecimentos é possível comer este café da manhã, não só em hotéis – como eu sempre estava em casa nesse horário, não provei o de outros lugares, mas a verdade é que dá para comer tanto fora, quanto em casa (se sua hospedagem tiver cozinha) e sempre vai ser delicioso!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s